Marcadores

domingo, 26 de fevereiro de 2017

João Rosa de Castro - Zum


FILTRO CERA

Quem tem de comprar, compra sem grana erudita.
Quem tem de esperar, espera sem pressa de feira.
Quem tem de excluir, exclui sem saber cores.
Quem tem de partir, parte sem beija-flores.
Quem tem de surgir, surge sem avisar antes.


Um marasmo desceu naquela sala e uma zanga.
Três pétalas de flor querendo ser flor inteira.

Cleópatra, apátrida, insólita - ainda.

O que há nos hinos que não cabe na bandeira,
No chão e na vida menos ainda caberá.    Ora.
Bolas distraem 22 homens do modo mais humanitário
Que a História já viu.

Filosofia? Religião? Ciência? Já?

Está cedo!
Ainda é cedo.
Ainda é cedo.

Quem tem de viver, vive sem coisa nenhuma...