Marcadores

domingo, 13 de março de 2016

João Rosa de Castro - O Cio da Pedra

MARES

É você que eu amo em todas as estações do ano.
É você que eu desejo a qualquer hora do dia.
É você que me inspira em todos os traços da História.
É você que eu espero nos meus momentos mais tristes.
É com você que eu conto nas minhas viagens distantes.
É só você que antevejo nas quatro fases da lua.
É a sua beleza que exala esse perfume sutil.
É a sua voz que ouço em todas as canções de amor.
É a sua essência que encontro em todas as letras que escrevo.

É a sua volúpia que chega e a minha volúpia completa.