João Rosa de Castro - Adeuses

O PARAÍSO

Nunca te darei permissão
Para não mais me querer.
A nossa pele se busca,
Nosso olhar se harmoniza.
Um de nós precisa realizar algo
Que se aproxime do amor.

Um toque seu cicatrizando minha ferida
Torna minha dor a grande ilusão que vivo.

Eu quero que você me encante,
Quero que você me chame
Para perto de você.
Um sinal que me impeça de amar sozinho,
Uma prova de que você me deseja até mesmo distante.

Se você for minha por muitas horas,
Se você sucumbir a essa chama ardente,
Eu vou lhe mostrar imagens paradisíacas
E levá-la até às estrelas.

Postagens mais visitadas deste blog

João Rosa de Castro - Zum

João Rosa de Castro - Zum

João Rosa de Castro - Zum